Cabine Acústica Telefônica

Cabine Acústica Telefônica

Modelo: VSA 40


Por:
R$ 4.833,60 / cada

São indicadas para áreas fabris bastante ruidosa onde inviável  enclausurar   as fontes de ruídos, ela é instalada em ponto estratégico da fábrica, proporcionando um conforto acústico para os colaboradores, podendo ser remanejada se necessário para outro local.

As cabines para operadores são projetadas com portas de acesso rápido, visores acústicos em todo perímetro da cabina para que os operadores possam visualizar toda fábrica do interior da cabine.

Cabine Telefônica Acústica fabricada para indústrias e ambientes que necessitam de privacidade sonora.
Produto diferenciado, altamente resistente e durável, com design atraente e eficiência comprovada pelos laboratórios de maior destaque no Brasil:
IPT - INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DE SÃO PAULO e INMETRO.


INFORMAÇÕES


- Modelo VSA 40
- Isolamento acústico: 40 dB
- Mesa Interna abaixo do visor
- Fabricação: 20 a 30 dias úteis

Acessórios Opcionais

- Sirene
- Luz de alerta
- Telefone


Entre em contato para saber mais!


RUÍDO E SEUS PROBLEMAS


A exposição ao ruído no trabalho é o fator de risco modificável mais importante para a perda auditiva em adultos. Na indústria de transformação, a exposição a níveis elevados de pressão sonora afeta um grande número de trabalhadores. As normas brasileiras estabelecem como obrigatório, para assim como garantias para a proteção do trabalhador. No entanto, a aplicação das normas e pouco se sabe sobre a distribuição de exposição ao ruído no País. Este estudo tem como objetivo investigar e sumarizar a distribuição da exposição ao ruído e do uso do equipamento de proteção auditiva entre trabalhadores da indústria de transformação no Brasil.

A menor prevalência de exposição ao ruído dentre os ramos da indústria da transformação é de 45% e poucos são os dados sobre o uso do equipamento de proteção auditiva entre os trabalhadores expostos. Comparando-se os disponíveis para os diferentes ramos de atividade, a exposição ao ruído alcança níveis mais altos no ramo da fabricação de produtos de madeira, onde também se observa a menor proporção de uso do equipamento de proteção auditiva. A escassez de dados sobre as condições de trabalho, exposição ao ruído e proteção auditiva, limita os esforços em fazer com que a saúde auditiva seja incluída entre as prioridades da saúde pública no Brasil.

O Controle de Ruído Industrial é um dos principais segmentos da Acústica aplicada.

O ambiente industrial propicia diversos problemas relacionados à acústica e o conforto acústico em indústrias não recebe a preocupação que merece.

A Norma NBR 10151 da ABNT  determina valores máximos de intensidade sonora nos principais tipos de áreas. Em áreas predominantemente industriais o nível máximo de ruído permitido é 70 dB durante o dia e 60 dB durante a noite. O ruído gerado pela atividade industrial pode causar consequências internas na própria indústria, expondo seus funcionários a níveis de barulho prejudiciais. Mais do que isso, o ruído industrial acima do permitido pode significar interferência sobre a comunidade, prejudicando também a vizinhança.

Uma solução mais efetiva envolveria uma preocupação maior com o ambiente através do planejamento adequado de tratamento acústico com o objetivo de proporcionar maio isolamento acústico das fontes emissoras de barulho e também melhor reverberação do som.

O Controle de Ruído Industrial envolve várias medidas que visam obter um nível de ruído aceitável em determinado ambiente levando em conta diferentes aspectos como econômicos, operacionais, legais, médicos, psicológicos e culturais.


 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características